JESUS É TUDO!

Deus fez o homem sem mácula, mas o pecado entrou na vida dele e hoje vemos a consequência dessa tragédia. Deus é tão bom que para que não fôssemos condenados pela sua própria Justiça, enviu Jesus a morrer por nós. Ele nos resgatou e hoje podemos novamente desfrutar de tudo o que Deus tem preparado para aqueles que (O) amam!

SEJA BEM VINDO A MINHA IGREJA!

SEJA BEM VINDO A MINHA IGREJA!

terça-feira, 25 de maio de 2010

Governo tenta tirar guarda de filhos de viúva cristã !

Governo tenta tirar guarda de filhos de viúva cristã

Família cristã da tribo montagnard

VIETNÃ (21º) - A agência de notícias International Christian Concern (ICC) foi informada de que a viúva de um cristão vietnamita foi levada para uma delegacia para assinar documentos passando a guarda de seus filhos para o Estado.

No início de maio, foi publicada uma matéria relatando a agressão e morte do cristão K’pa Lot, preso por expressar sua fé publicamente (leia). Novas informações afirmam que no dia 3 de maio de 2010, sua viúva, H’Nguen, foi forçada a levar seus dois filhos, H’Danh e Y-Ly, para a delegacia de Nhan Hoa, e a assinar um documento passando a custódia das crianças para o governo.

“Na delegacia, as forças de segurança apresentaram um documento para H’Nguen”, conta Scott Johnson, porta-voz da fundação Montagnard. “Neste caso, eles estão tentando coagi-la para entregar as crianças para eles. A motivação é se vingar de H’Nguen, pois ela divulgou quais foram as últimas palavras de K’pa Lot” (Scott Johnson está se referindo ao momento em que o cristão sussurrou para sua esposa como os oficiais vietnamitas o agrediram fisicamente. Ele faleceu horas depois, de hemorragia interna).

“A polícia afirmou que H’Nguen não poderia ver seus filhos novamente, até que fizessem 18 anos. A viúva se recusou, afirmando que era capaz de cuidar de seus filhos. A polícia a pressionou para assinar os documentos durante 6 horas, até que ela foi liberada, juntamente com as crianças.”

Isso aconteceu no vilarejo de Nhan Hoa, na província de Gia Lai.

O diretor regional da ICC, Logan Maurer, afirmou: “A tortura e a morte de K’pa foram um exemplo trágico da terrível perseguição religiosa que ainda ocorre hoje no Vietnã. Agora, a tentativa de querer tirar as crianças dessa viúva é uma ação desesperada de um Estado que está tentando coagi-la a se calar. Pedimos ao Departamento de Estado que investigue a ação contra essa mãe, e também os acontecimentos envolvendo a morte de seu marido”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário